image9

Discos de Baixa Intensidade Bruno Fibertech

A refinação é o setor que tem o maior impacto no produto final, do que qualquer outro na fabricação de papel, justamente, por modificar a estrutura das fibras em função das características e da qualidade da folha desejada e também pelo consumo de energia que normalmente é o setor que geralmente mais consome no processo de fabricação do papel.

Ou seja, qualquer ação que resulte em melhoria no processo de refinação as vantagens serão muito sensíveis no rendimento geral.

 As três características básicas nesta modificação são:

  • Fibrilação Externa
  • Fibrilação Interna
  • Corte
  • Fibrilação Externa

Vantagens da Refinação a Baixa Intensidade

Os resultados de testes e em operação normal mostraram que refinar fibra curta branqueada, com intensidades abaixo de 0,6 Ws/m, proporciona os benefícios abaixo:

  • Aumento da resistência a Tração e da Porosidade.  
  • Redução do decréscimo do Bulk.
  • Aumento da resistência ao arrancamento de vasos.
  • Redução da energia de refinação.
  • Significativa redução dos palitos, na fabricação de pasta mecânica. 

A consequente redução nos custos de fabricação de papel se verifica em função da melhor retenção de finos, aumento da velocidade da máquina, redução da gramatura em função do ganho de Bulk, assim como, da redução de produtos fabricados fora de especificação e a diminuição de reclamações dos clientes. 

Os benefícios obtidos com a utilização de lâminas e espaços mais finos podem ser explicados pela seguinte forma: com um número de cruzamentos de lâminas (impactos) muito maior (em função do maior comprimento de lâminas) a probabilidade de se atingir a quase totalidade das fibras, também é maior. 

Os impactos sobre as fibras são mais suaves em razão da transferência de energia ser efetuado através de um comprimento muito maior de lâminas. 

Esta ação de refinação mais suave provoca um aumento na área específica das fibras, através da fibrilação, proporcionando melhor resistência a tração e uma melhor drenagem (Freeness, CSF). O comprimento das fibras é preservado, com a incidência menor de corte, assim como, o colapsamento da fibra é reduzido, diminuindo também, a perda do bulk.

A baixa intensidade de refino, também contribui para aumentar a vida útil dos discos, pela redução das forças aplicadas sobre as lâminas, e, pelo gap maior (distância entre os discos), a possibilidade de haver um contato metal/metal é reduzida.

A baixa intensidade pode ser explicada pela figura abaixo, onde temos na esquerda um disco com lâminas/canais mais finos ocasionando a distribuição mais suave da energia disponível no refinador, e na direita um disco com lâminas/canais com espessura maior provocando uma distribuição da energia na fibra de forma mais forte.

Conceito de Baixa e Alta Intensidade de Refinação

A Bruno Fibertech tem uma linha completa de discos de baixa intensidade para todo tipo e tamanho de refinador, em segmentos e em mini segmentos e para atender qualquer aplicação de sua empresa.

Conte conosco para otimizar sua refinação!

Etiquetas: Sin etiquetas

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *